Diógenes Sousa Júnior ingressará na Academia Paraibana de Engenharia

postado em: Fique por dentro | 0

O presidente do Grupo Sousa Junior , Diógenes Sousa Júnior, vai tomar posse como sócio fundador da Academia Paraibana de Engenharia (APENGE), no dia 18 de novembro próximo.

Formado em Engenharia Civil pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), onde também lecionou, passou antes nos colégios Lins de Vasconcelos e Lyceu Paraibano. No setor privado, o seu grupo empresarial tem 27 anos de atividade sendo composto pela Sousa Júnior Construtora e Casanova Imóveis.

Fundada em 17 de dezembro de 2014, a Academia Paraibana de Engenharia passa por um período de posse dos acadêmicos. Foram 32 candidatos selecionados para receber o título conferido pela entidade. A posse foi dividida em quatro momentos, o primeiro foi realizado no dia 23 de julho de 2015, quando foram empossados os membros da diretoria composta por: Sérgio Rolim (Presidente), Orlando Villar (Vice-Presidente), Yvon Rabelo (Secretário Geral), Francisco Chaves (2º Secretário), José Oliveira (Tesoureiro), José Nóbrega (Diretor de Documentação e Arquivo) e Harley Martins (Presidente do Conselho Científico Cultural Permanente). Na oportunidade, também, foram empossados como acadêmicos eméritos os engenheiros civis Hermano Augusto de Almeida (ex-prefeito de João Pessoa) e José Carlos Dias de Freitas (ex-secretário de Infraestrutura do Estado e também ex-presidente da Saelpa).

As próximas solenidades estão programadas para acontecer nos dias 8 de outubro e 19 de novembro. Segundo o presidente da Academia, Sérgio Rolim, neste primeiro ano a entidade passa por um processo de organização. Os objetivos da Apenge são contribuir para o desenvolvimento e progresso da engenharia, incentivo e aprimoramento da cultura e do ensino da Engenharia, oferecer soluções para a classe junto aos órgãos e entidades públicas e promover atividades que visem o desenvolvimento científico e cultural da engenharia.

Na segunda posse ocorrida neste mês de setembro, além do título de acadêmico emérito, conferido ao engenheiro civil e sanitarista Paulo Bezerril Júnior, foram empossados como acadêmicos fundadores Luiz Álvares Coelho (engenheiro civil), Hermano José da Silveira Farias (engenheiro civil), João da Silva Furtado (engenheiro civil e mecânico), Argemiro Brito Monteiro da Franca (engenheiro civil), Antônio de Mello Villar (engenheiro mecânico e de segurança do trabalho), Emerson Freitas Jaguaribe (engenheiro mecânico e matemático), Joaquim Osterne Carneiro (engenheiro agrônomo) e Tarcisio Cabral da Silva (engenheiro civil).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.